20 de abril de 2011


(...) Esperava por ti o tempo que fosse necessário, porque tu, tu sim vales apena, tudo! Tudo o que faço por ti é compensado mil e uma vezes com momentos de encantar de meter inveja a qualquer um. Movia mundos e fundos só para te ter. Eu e tu, somos uns perdidos que se amam. Somos uns loucos desafinados de certeza eliminados dos ídolos. (...) Para mim não há ninguém que tanto me encante os olhos, que me deixe tão feliz como TU. (...) Amo-te muito balofo da minha vida, quero-te bem, feliz, a sorrir, como sempre fazes   

1 comentário:

  1. "Somos uns loucos desafinados de certeza eliminados dos ídolos." *.*

    ResponderEliminar