15 de março de 2017

É bom. É bom quando os dias começam com um 'bom dia' teu. Quando a primeira coisa que vejo quando acordo é o teu sorriso. É bom olhar para ti, perder-me a olhar para ti e tentar perceber de que é feito esse brilho nos olhos quando me dizes 'bom dia'. Vem, vem fazer-me perceber mais uma vez que as horas não são horas quando estás aqui, que as horas não existem quando estás comigo. Que elas passam demasiado rápido. Somos da terra, mas queríamos ser do ar. Ser livres de voar, de perder a noção do tempo. É bom. É bom quando perdemos a noção das horas e nos apaixonamos mais rápido que o tempo. É bom. É bom gostar de ti.