29 de dezembro de 2012

4e14d3ed90d9bc748663fb48c16103a9_largeNão gosto da maneira como ainda mexes comigo. Andas aos tombos cá dentro sem saber muito bem para onde ir. A tua forte personalidade ainda se faz sentir em alguns dos meus actos. Ontem achei um pedaço de nós, talvez mais de mim, mas que tu fizeste. Sabes, tudo o que lá estava escrito, é completamente diferente daquilo que aconteceu. "amo-te, até te cansares de mim", palavras ditas e escritas, sabe bem rever certas coisas*

Sem comentários:

Enviar um comentário